Imprensa

Moçambique firme na facilitação do comércio e fluxo fronteiriço simplificado e integrado com o Malawi

23/11/2021 13:10
Moçambique firme na facilitação do comércio e fluxo fronteiriço simplificado e integrado com o Malawi

O Presidente da República, Filipe Nyusi, disse que Moçambique pretende continuar a ser um eixo estratégico de ligação recíproca a economia do Malawi na facilitação do comércio e fluxo fronteiriço simplificado e integrado.

Nyusi que falava esta segunda-feira na cidade de Lilongwe no lançamento da quinta semana de industrialização da SADC, disse que além do Malawi, a pretensão de Moçambique é facilitar igualmente as economias dos países do interland para que o negócio da região flua com mais facilidades.

Para alcançar este ensejo, Filipe Nyusi disse que a sua governação está a imprimir uma melhoria contínua nos sistemas ferro portuários de Nacala, Beira e Maputo nas instâncias aduaneiras.

O estadista moçambicano deu a conhecer que durante a sua estada no Malawi, discutirá com o seu homólogo Lazarus Chakwera sobre a melhoria do fluxo fronteiriço, por ser uma matéria que interessa os dois povos.

Para Nyusi, numa altura em que a região da SADC e o mundo estão a recuperar dos efeitos da covid-19 que provocaram a recessão económica é imprescindível que se acelere a implementação do processo de industrialização regional sendo a primeira estratégia.

A quinta semana de industrialização da SADC lançada, esta segunda-feira, pelo Presidente Filipe Nyusi, na sua qualidade de convidado de honra, decorre sob o lema: “Reforçando as capacidades produtivas em fase da pandemia da covid-19 para a transformação da economia industrial inclusiva e sustentável”.

Ainda na tarde de hoje, Nyusi visitou o Alto comissariado de Moçambique no Malawi e manifestou o seu desagrado devido ao mau estado de conservação das instalações. (RM)