Imprensa

Ministra dos Negócios Estrangeiros enaltece apoio da China e Rússia à candidatura de Moçambique a membro não permanente do CS da ONU

07/06/2022 08:48
Ministra dos Negócios Estrangeiros enaltece apoio da China e Rússia à candidatura de Moçambique a membro não permanente do CS da ONU

Moçambique está aberto para trabalhar com todos os membros do Conselho do de Segurança das Nações Unidas, sem distinção, caso seja eleito a membro não permanente do órgão, esta quinta-feira.

É uma garantia reforçada, em Nova Iorque, nos Estados Unidos da América, pela Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, depois de reunir-se, esta segunda-feira, com Zhang Jun e Vassily Nebenzya, representantes permanentes da China e Rússia junto das Nações Unidas, respectivamente.

Os encontros marcaram a primeira etapa da visita de Verónica Macamo aos Estados Unidos da América com vista a reforçar a candidatura de Moçambique ao cargo de membro não permanente do Conselho de Segurança da ONU.

Nos encontros até aqui realizados, a Chefe da diplomacia moçambicana agradeceu o apoio da China e Rússia à candidatura de Moçambique.

Ainda hoje, a Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Verónica Macamo, mantêm um encontro com a representante permanente do Reino Unido junto das Nações Unidas para igualmente reforçar a candidatura de Moçambique a eleição de quinta-feira.

Trata-se de uma eleição em que Moçambique é o único candidato para o continente africano e já com o endosso da União Africana.

Ainda assim, como preconizam as regras, as eleições para os membros não permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas exigem o escrutínio formal e a obrigatoriedade de dois terços de votos dos Estados-membros votantes em Assembleia-geral. (RM)