Imprensa

Governo Inaugura Energia Eléctrica da Rede Nacional em Chicomo, distrito de Massinga

06/10/2021 08:33
Governo Inaugura Energia Eléctrica da Rede Nacional em Chicomo, distrito de Massinga

A população do Posto Administrativo de Chicomo, distrito de Massinga, na província sulista moçambicana de Inhambane, testemunhou satisfatoriamente a inauguração da infra-estrutura de Energia Eléctrica da Rede Nacional, com capacidade para beneficiar, numa primeira fase, 1500 novos clientes.

Segundo a Administradora do distrito de Massinga, Laurinda José Titoce, a cerimónia de inauguração “tem um significado especial e inigualável pois é, um sinal claro de que efectivamente Massinga com este acto dá mais um passo significativo rumo ao desenvolvimento’’.

Para Titoce “a ligação à rede nacional de energia eléctrica inequivocamente irá impulsionar o desenvolvimento económico desta parcela (Chicomo) do Distrito (de Massinga), pois abre se uma nova página e uma nova etapa no panorama económico não só do Posto Administrativo de Chicomo mas do Distrito no seu todo o que irá contribuir em grande na galvanização do desenvolvimento local e bem-estar da população deste Distrito no geral’’.

A cerimónia de inauguração foi presidida pelo Ministro moçambicano dos Recursos Minerais e Energia, Max Tonela, que na acosiao, explicou que o projecto consistiu na construção de 65 km de linha de Média Tensão a 22 kV, alimentada a 33 kV, 20 km de Rede de Baixa Tensão, montagem de 3 Transformadores de Distribuição 100kVA, 22/0,4kV e 100 Candeeiros de Iluminação Pública.

No acto de inauguração, o Ministro Tonela vincou a importância da energia eléctrica para o desenvolvimento da população e de todo o tecido social e económico do País. “O acesso à electricidade torna as comunidades mais seguras, ajuda as Pequenas Empresas a prosperar e fornecer serviços essenciais como a educação e hospitalar”, disse o Tonela.

De Janeiro de 2021 até ao segundo Trimestre de 2021, a Electricidade de Moçambique, E.P. (EDM), já ligou energia eléctrica a 10 dos 94 Postos Administrativos previstos para o presente Quinquénio (2020-2024).

A Província de Inhambane é composta por 16 Sedes Distritais e todas electrificadas até finais de 2021, tendo sido Panda e Mabote os últimos Distritos a serem electrificados. Depois da conclusão dos Distritos, o desafio actual centra-se na electrificação de todos os Postos Administrativos do País e da Província, em particular.

A Província de Inhambane tem um total de 26 Postos Administrativos, dos quais 20 estão electrificados e 6 por electrificar através da Rede Eléctrica Nacional e Sistemas Isolados.

De acordo com o Ministro dos Recursos Minerais e Energia, o processo de electrificação em curso, no âmbito do programa Energia Para Todos, lançado em Novembro de 2018, decorre a bom ritmo e permitirá que no actual ciclo de governação, mais moçambicanos passem a beneficiar de luz eléctrica pela primeira vez.

“A nossa presença hoje, aqui em Chicomo, consubstancia o nosso propósito de realizar os objectivos da agenda de governação, visando elevar Moçambique para patamares de desenvolvimento económico”, esclareceu o Ministro.

Tonela apelou à população a abster-se dos actos de vandalização da rede eléctrica, explicando que estas práticas reduzem os esforços realizados para o progresso do País, prejudicam a população, bem como a EDM que é obrigada a desviar os investimentos da expansão da rede eléctrica para repor os danos causados por esses actos.

Testemunharam a cerimónia, o Administrador da EDM, Joaquim Ou-Chim, a Secretária de Estado da Província de Inhambane, Ludmila Maguni, o Director Nacional de Energia Eléctrica, Pascoal Bacela, entre convidados e a população local. (AIM)