Imprensa

Moçambique pode contar com a ONU no fortalecimento da paz e assistência humanitária

Moçambique pode contar com a ONU no fortalecimento da paz e assistência humanitária

Moçambique pode contar com toda solidariedade das Nações Unidas, para o fortalecimento da paz, assistência humanitária e combate aos insurgentes em Cabo Delgado.

A garantia foi dada hoje, em Maputo, pelo Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres, após ter mantido conversações com o Presidente da República, Filipe Nyusi. Guterres disse que Moçambique atravessou momentos críticos, mas está a saber reagir e a encontrar soluções para ultrapassá-los de forma resiliente. "As Nações Unidas estiveram e estarão ao lado do povo moçambicano em todas estas fases, naturalmente apelando à comunidade internacional para que apoie o povo de Moçambique, apoie Moçambique, à escala da dimensão dos problemas, quer da resposta, quer da de construção", frisou. Por seu turno, o Presidente da República, Filipe Nyusi, exprimiu a gratidão do povo moçambicano pela disponibilidade da ONU no apoia à mitigação dos efeitos dos, ciclones Idai e Kenneth. "Aproveitamos o espaço para agradecer a si, Secretário-Geral, António Guterres, mas através de si, as Nações Unidas naturalmente a todos os países que são membros das Nações Unidas que apoiaram e continuam a apoiar continuam solidariedade e mobilizar todas as forças para ajudar a reconstrução das zonas atingidas pelos ciclones Idai e Kenneth", disseEm relação ao processo de paz, o Chefe da Diplomacia Mundial, saudou os contactos entre o governo e a Renamo, sublinhando a indicação por si do embaixador suíço, como facilitador do diálogo. Na ocasião o Chefe do Estado apresentou os principais passos alcançados no processo do diálogo para a paz efectiva em Moçambique. O Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres, desloca-se amanhã, à cidade da Beira, província de Sofala, para aferir no terreno, o impacto do ciclone Idai e manter contacto com os afectados. (RM)