Imprensa

MOÇAMBIQUE/CABO DELGADO: FDS já neutralizaram 280 malfeitores

MOÇAMBIQUE/CABO DELGADO: FDS já neutralizaram 280 malfeitores

Pelo menos 280 malfeitores, de entre nacionais e estrangeiros, que actuam em alguns pontos da província de Cabo Delgado, norte de Moçambique, foram neutralizados pelas Forças de Defesa e Segurança (FDS).

O Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho do Rosário, disse Quarta-feira, em Maputo, que este resultado operativo é corolário da estreita colaboração e denúncia feita pelas populações locais. Sobre os malfeitores, corre um julgamento nas instâncias judiciais de Cabo Delgado. 
Os malfeitores, que actuam em pequenos grupos, recorrem a actos intimidatórios, assassinatos bárbaros com recurso a armas brancas e de fogo, bem como incendeiam casas, saqueiam produtos alimentares da população e atacam viaturas civis.
“Nada justifica este tipo de crimes hediondos, os quais condenamos veementemente”, afirmou.
Falando na Assembleia da República (AR), o parlamento, durante a sessão de informações do governo, Carlos Agostinho do Rosário disse que, “para fazer face as acções levadas a cabo pelos malfeitores, foram destacadas unidades e valências das FDS para aqueles pontos com o objectivo de defender a população e empreendimentos económicos e sociais públicos e privados”.
Tendo em conta o envolvimento de cidadãos estrangeiros nas acções criminosas, o Primeiro-Ministro explicou que as autoridades moçambicanas têm estado a trocar informações com países vizinhos, “o que está a permitir a neutralização e limitação dos movimentos dos malfeitores”.