Imprensa

Cerca de 3 mil pessoas afectadas por ciclones continuam a beneficiar de assistência do INGC

Cerca de 3 mil pessoas afectadas por ciclones continuam a beneficiar de assistência do INGC

Cerca de três mil pessoas afectadas pelos ciclones IDAI e KENNETH continuam a beneficiar de assistência alimentar do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC) das mais de um milhão e novecentas vítimas.

Trata-se de pessoas que vivem em quatro centros de acomodação que continuam abertos na província de Sofala.

A informação foi partilhada, esta segunda-feira à Rádio Moçambique, pelo Director de Prevenção e Mitigação do INGC, César Tembe.

César Tembe falava após receber um donativo dos funcionários da Rádio Moçambique e parceiros.

Na ocasião, o Presidente do Conselho de Administração da Rádio Moçambique, Abdul Naguibo, manifestou a abertura desta estação pública em continuar a trabalhar com o INGC no apoio às vítimas das intempéries e, principalmente, na difusão de informações de prevenção. ( RM)